quinta-feira, 16 de julho de 2009

O que eu preciso dizer senão morro engasgada

Sempre que digo que ainda sou apaixonada por você, pode-se passar a idéia de que desde que te conheci a paixão é a mesma. Não. Acho que você não tem noção de que já passei por meus momentos de dúvida (que devem ter durado menos de 1 ou 2 dias), passei por meus momentos de desapaixonada (idem), passei por meus momentos que estive decepcionada (ok, esse durou mais hehe).

Sabe quantas vezes me apaixonei por você? Muitas. Se apaixonar não depende só do jogo de sedução que seu parceiro faz, mas também depende de você se deixar apaixonar. Inúmeras vezes me permiti apaixonar por você e cada vez foi de uma forma diferente. Com o tempo a gente não fica mais eufórico, cheio de borboletas no estômgado (mas pode ficar de vez em quando, por que não? Nessa área, não existem regras.). Com o tempo, o "permitir se apaixonar" é ficar atento aos detalhes do dia a dia. Se dar contar dos detalhes que formam a pessoa que um dia te conquistou.

Já me reapaixonei quando observava você comendo, sacodindo o talher, como uma mania.
Já me reapaixonei quando observei o modo como seus olhos se movem quando você me conta algo que te revoltou.
Já me reapaixonei quando, de outro cômodo do seu apartamento, você me chamou dizendo "Pateeeeta...". Já me reapaixonei reparei em você zanzando pelo seu apartamento, arrumando a posição das cadeiras, da mesinha, dos controles remotos.
Já me reapaixonei quando você insistiu em me ensinar a dirigir (e no seu carro!) e brincava dizendo "Pega no meu câmbio!" hauahuhuha
Já me reapaixonei várias vezes ao notar o modo como você se espreguiça ao acordar e o modo teatral como você salta da cama.
Já me reapaixonei quando me dei conta de que você adotou o termo "banho de beleza", que eu dizia brincando quando me referia aos seu banhos extremamente demorados.
Já me reapaixonei quando você sugeriu que eu tirasse um pedacinho da sua barba (e eu morri de aflição).
Já me reapaixonei até quando observei você sacudindo a cabeça para escovar os dentes! E me reapaixonei mais ainda quando percebi que você não faz isso de brincadeira ("Nossa, ele realmente escova os dentes assim!").
Já me reapaixonei quando, disfarçadamente, olhei você assistindo filme. Os olhos quase que estatelados, a boca semiaberta... A típica cara de bobo que homens fazem quando assistem a algo que prende a atenção deles!
Já me reapaixonei quando você começou a correr pra fugir de mim e a choramingar como criança... Tudo para eu não espremer a espinha dolorida das costas.
Já me reapaixonei quando, do nada, você me tascou um beijo na bochecha.
Já me reapaixonei tantas vezes por você... Porque com o tempo aprendi que a paixão pode ser alimentada pelas coisas mais simples - mas essa é uma paixão madura, que nos permite ver os defeitos da pessoa, o contrário da paixão maluca que você mencionou, certa vez, de início de namoro.

Agora, quantas vezes amei você? Uma. Será que já tive minhas dúvidas? Com certeza. O bom é que a dúvida não durou mais do que 15 minutos. E ter dúvida não significa que o sentimento não está lá. Ter dúvida, ficar confuso e tudo o mais é o direito de cada um e extremamente comum quando amamos pela primeira vez - e em um relacionamento que já pode ser considerado longo. Você pode ter a dúvida que quiser. Até o fim da minha vida vou acreditar que esse sentimento está aí.

E amar, é o quê?
Bom, se eu soubesse explicar, certamente já teria explicado para dizer o tão temido "Tá vendo?????" que todos odeiam ouvir. Mas não sei explicar e isso é algo que você terá de descobrir com o tempo. E tenho certeza de que no dia que você descobrir que o amor é mais tranquilo e simples do que imaginamos, você sentirá uma paz interior imensa. É a beleza simples de vida que muitas vezes escapa aos nossos olhos. Deus não é escandaloso quando se trata do que realmente vale a pena viver.

Sorte de hoje do orkut: Ser simples é ser incrível.

E vamoquevamo rumo aos 3 anos! o/
(e aos 15, e aos 20, aos 50...)

2 comentários:

A n i n h a a disse...

ai que lindo!!

tá simplesmente puro e sincero, de uma maneira que qualquer namorado gostaria de ler.

Amei!!
Beijooos Mah :*

katilley disse...

seu blog é mara lÊlê você é uma amiga muito especial e o seu blog é muito bom bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss.

 
BlogBlogs.Com.Br